terça-feira, 31 de maio de 2011

- O PT e os Traficantes


Mas alguém tem que falar! Como é que pode, todo esse silêncio?
O governo Dilma Rousseff enviou ao Congresso Nacional um projeto de lei que acaba com a pena de prisão para pequenos traficantes. Ou seja, essas mudanças na lei antidrogas vão livrar os pequenos traficantes da cadeia. Quem for flagrado pela polícia vendendo pequena quantidade, estiver desarmado e não tiver ligação comprovada com o crime organizado será condenado a penas alternativas. “Com as inovações na Lei 11.343, que instituiu o Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas, o governo pretende evitar que essas pessoas sejam cooptadas, nos presídios, por facções criminosas, além de permitir que a polícia concentre o trabalho de repressão nos grandes traficantes e no crime organizado”, conforme falou o secretário de Assuntos Legislativos do Ministério da Justiça, Pedro Abramovay.
Mas que poha é essa? A medida visa evitar que o traficante entre para uma facção criminosa, mas ele já não está no crime??? A medida permite que a polícia concentre o trabalho na repressão dos grandes traficantes, mas esse já não é o trabalho da polícia? Então os policiais devem parar de fazer uma coisa para fazer outra, ao invés de se prepararem mais policiais?
Que Brasil é esse que o PT está transformando? Um país em que a gente deveria estar revendo a maioridade penal, revisão do sistema carcerário – que é uma fábrica de gente que não vale nada – , revisão do código penal, mas que, ao contrário, está descriminalizando traficantes? Que país é esse que o PT está construindo?
A Dilma Rousseff e os cupinchas do PT enxergam o grande traficante como um viado cheio de plumas e frufrus e vêem o pequeno traficante como um cara que dá a bunda socialmente. O que eu vejo são traficantes e ponto final. Esse lance de pequeno traficante, grande traficante, qual é a diferença? Todos são traficantes! Todos deveriam estar com a boca cheia de formiga.
O amigo dos traficantes, Abramovay, além de dizer que vê com simpatia a experiência de Portugal que, há dez anos, liberou o consumo de pequenas quantidades de droga, também justifica que a descriminalização serviria para reduzir a superlotação carcerária no país. “A atual legislação”, disse o querido ao justificar a mudança, “está abarrotando os já superlotados presídios brasileiros: dos 70 mil presos nos últimos quatro anos, 40 mil são pequenos traficantes”.
Que bonito isso.  A diferença é que, enquanto Portugal era respeitado no mundo conhecido, a gente estava aqui, pelado e comendo larva de árvore podre  no mundo desconhecido. Temos 500 anos de história e uma certa autonomia (pra fazer merda, na maioria das vezes) de menos de 130 anos. Se os 40 mil traficantes presos estão incomodando, vamos alegremente mandar eles de volta às ruas, mas, por mim, matava tudo.
Por que não descriminalizam o jogo no Brasil? Os bingos para os velhos? As caça-níqueis para os gambás de boteco? Ah, não, isso não pode. O argumento circula sobre a palavra VÍCIO.
Já as palavras TRAFICANTE e VÍCIO estão bem longes para o pessoal do PT, não é mesmo?
Se for pra viver nessa merda, cá pra nós, que voltem os tanques para as ruas...


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...